Include Topo Interna
logo---paginas-internas
Logos-Prefeitura-e-IBM-40px-de-altura
Alfredo Fedrizzi

Alfredo Fedrizzi

Jornalista e Publicitário

Onde vamos trabalhar?

Acada dia que passa, mais uma profissão deixa de existir. Novas tecnologias criam novos jeitos de trabalhar. O problema é que o desemprego tecnológico se dá na base da pirâmide, onde está o maior número de trabalhadores, os menos qualificados que, por muitas razões, tiveram poucas oportunidades de crescimento no ambiente profissional. Os raros empregos que surgem estão no topo. Buscam gente com alta qualificação, impedindo a reciclagem dos que estão na base. E isso acontece em todo o mundo. Os dados mostram que, depois de cada recessão, os empregos perdidos não são mais recuperados na mesma proporção. A lógica da tecnologia é fazer mais com menos.

Nos próximos 20 anos, 45% dos atuais empregos nos Estados Unidos serão automatizados. Pessoas substituídas por robôs. Quase 4 milhões de motoristas nos EUA perderão seus empregos com a chegada dos carros autônomos que Google, Uber e outros estão desenvolvendo. No campo, aqui no Brasil, os implementos agrícolas que precisavam de um condutor já estão trabalhando sem nenhum. Se olharmos para a construção civil, outro grande empregador, muita coisa já vem pronta de fábrica, dando mais rapidez e qualidade às obras, utilizando menos braços no trabalho.

Assim como já saíram de cena os ascensoristas e datilógrafos, entre tantos, os próximos da lista serão as telefonistas, os operadores de telemarketing e todos os que tiverem alguma atividade repetitiva. Os robôs estão sentando nessas cadeiras. Quem tem emprego garantido? Babás, jardineiros, os que fazem manutenção de casas, além daqueles ligados à alta tecnologia, área da saúde ou criatividade. Designers, arquitetos, cirurgiões, artistas de todo tipo. Se olharmos para o futuro, veremos que muita coisa ainda vai ser terceirizada.

Para não corrermos o risco de ficar obsoletos, só vejo um caminho: a reinvenção cotidiana de si próprio. Aprender sempre. Buscar a qualificação constantemente, desafiar-se o tempo todo, não se acomodar. Manter o espírito das crianças, que são pequenos exploradores de tudo.

 


Include Rodape
PoaDigital
facebook poadigital   twitter poadigital
#POAdigital © 2015. All rights reserved.
IBM and the IBM logo are trademarks of International Business Machines Corp., registered in many jurisdictions worldwide.
IBM BlueMix